Pudim de tapioca

Pudim

Quem não ama pudim? E melhor ainda se for saudável e delicioso!

Ingredientes cuscuz:

  • 1 xícara de tapioca granulada

  • 2 xícaras e meia de leite de coco quente

  • Adoçante de sua preferência a gosto

 

Ingredientes leite condensado fake:

  • 8 colheres de sopa de leite em pó

  • 150 ml de leite de sua preferência

  • Adoçante de sua preferência a gosto

 

Modo de preparo:

  1. Coloque a tapioca em uma travessa, despeje o leite de coco quente e tampe com um pano úmido, deixe descansar por aproximadamente 1 hora.

  2. Para o leite condensado fake leve ao fogo todos os ingredientes até engrossar, sempre misturando bem

  3. Despeje o leite condensado fake por cima do cuscuz e decore como preferir

  4. Sirva gelado

 

Não esquece de nos marcar nas redes sociais caso você faça a receita! @espaconaturalblumenau no Instagram e no Facebook

Gostou? Compartilhe sua opinião 🙂

Mais receitas e conteúdos em nosso Blog.

Waffle fit

Foto de Waffle com cobertura

Rápido e prático, ótima opção para café da manhã ou lanche da tarde.

Ingredientes:

  • 1 ovo

  • 1 banana

  • 2 colheres de farelo de aveia

  • 1 colher de sopa de coco ralado

  • 1 colher de café de fermento

  • Canela e chia a gosto

Modo de preparo:

  1. Misture todos os ingredientes

  2. Coloque em uma maquina para waffle e espere dourar dos dois lados

 

Você pode fazer em forma de panqueca caso não tenha a maquina para waffle, e servir com pasta de amendoim, geleia de frutas ou mel.

 

Rende 1 poção waffle.

 

Não esquece de nos marcar nas redes sociais caso você faça a receita!

@espaconaturalblumenau no Instagram e no Facebook

 
gif
 

Gostou? Compartilhe sua opinião 🙂

Mais receitas e conteúdos em nosso Blog.

Olhando somente o peso na balança?

Mulher medindo tamanho da barriga

Você se pesa varias vezes ao dia? Entenda o porque da variação do seu peso ao longo do dia.

Mesmo com dedicação, o peso na balança irá variar naturalmente ao longo do dia e nem sempre pra menos. Esse fenômeno é conhecido popularmente como flutuação de peso. Diariamente, a variação natural de peso pode girar em torno de 1 a 2 kg. Entenda neste post porque isso acontece.

 
gif
 

Consumo de carboidratos: Para cada grama de carboidrato que seu corpo armazena em forma de glicogênio, ele “soma” mais três gramas de água. Além disso a ingestão de diferentes tipos de carboidratos com diferentes cargas glicêmias e índices glicêmicos pode trazer um grande impacto na balança.

 

Retenção de água e ingestão de sódio:  Quando ingerimos sal em excesso, nosso organismo tenta equilibrar o volume de líquido no organismo, tendendo a reter muito líquido no corpo. Aumente o consumo de água para que o sódio excessivo seja eliminado e assim diminua a retenção.

 

Ciclo Menstrual: Durante o ciclo menstrual as mulheres incham, pois contam com diversas alterações hormonais no organismo. Evite se pesar durante a menstruação pois pode se frustar olhando um peso que não é real.

 

Alimentação: Ao acordar nossos estoques de glicogênio estão mais vazios, a quantidade de água no corpo é menor e você não está alimentado, sendo a hora do dia em que estamos com o menor peso, conforme o dia passa, você se alimenta, enche seu estoque de glicogênio, aumenta o consumo de sódio e consumiu alguns quilos de comida, tudo isso irá alterar seu peso.

 

ALIMENTAÇÃO NO FINAL DE SEMANA

 

No final de semana você exagerou na alimentação, então você pode ter uma oscilação grande de peso, não se desespere, não é somente gordura, se foi só uma escapadinha, isso é temporário e o seu verdadeiro peso pode não ter mudado muito. Volte a sua dieta, beba muita água, a grande parte do peso ganho terá sido retenção hídrica e em poucos dias seu peso irá voltar ao normal, a ingestão de alguns alimentos termogênicos pode lhe ajudar neste processo.

 

Faça uma avaliação física, para medir a composição corporal, só assim é possível ter um resultado real da quantidade de massa muscular e massa de gordura existente no corpo. Pois o peso sozinho na balança não é um bom parâmetro, você pode estar ganhando massa magra e perdendo gordura, sendo assim emagrecendo e seu peso na balança não se alterar.

 

Que tal conhecer um pouco mais do nosso Blog.

Alimentação e festas de fim de ano, como manter a dieta?

Pessoas celebrando em uma mesa

Fim de ano vem os encerramentos, férias, natal, ano novo e fica mais difícil de manter na dieta e não ganhar alguns quilinhos, no post de hoje vamos dar algumas dicas para que as comemorações não comprometam sua boa forma.

Aproveitamos o clima de final de ano para compartilhar algumas dicas que gostamos muito:

  • Nada de exageros, de comer para ficar empantufado. Coma até estar saciado, aprenda o momento certo de parar.

  • Mastigue bem os alimentos, coma devagar.

  • Moderação é a palavra chave, coma pequenas porções das suas comidas favoritas.

  • Continue praticando atividade física, teste novas opções nas férias.

  • Não exagere nas bebidas alcoólicas.

  • Mantenha se hidratado, beba bastante água.

  • Dê preferência às hortaliças, comece com salada, opte por fruta de sobremesa.

 

Tudo é questão de equilíbrio, saboreie o momento, coma consciente, aproveite as férias e as festas e depois volte pro ano novo com energias renovadas!

 

Que tal conhecer um pouco mais do nosso Blog.

Sorvete de banana

Sorvete de banana

Sorvete delicioso e saudável para refrescar e nutrir aquele dia de calor!

Ingredientes:

– 2 bananas congeladas

– 1 copo de iogurte natural

– Canela a gosto

 

Modo de preparo:

  1. Misture todos os ingredientes em um liquidificador ou processador

  2. Coloque no congelador por 2 horas

  3. Agora é só aguardar e está pronto

Use a criatividade, você pode testar vários sabores escolhendo a fruta que preferir. Caso prefira mais doce pode adicionar açúcar mascavo, mel ou adoçante de sua preferência.

 

Rende 2 porções.

 

Gostou dessa receita?

Acesse nosso Blog e confira outras receitas deliciosas.

Pãozinho recheado

Pãozinho recheado

Prontos para colocar a mão na massa? O pãozinho de hoje não usa trigo e sim batata salsa e aveia como base da receita.

Ingredientes do recheio:

– 1/2 de uma cabeça de brócolis

– 3 colheres de manteiga

– 2 dentes de alho picado ou amassado

– 1/2 cebola bem picada

– 8 fatias de queijo mussarela picado

– orégano

– sal

Ingredientes da massa:

– 8 batata salsa cozidas e amassadas

– 8 colheres de sopa de farinha de aveia

– 2 colher de sopa de manteiga

– 2 gema de ovo

– gergelim a gosto

 

Para fazer o recheio:

  1. Cozinhe o brócolis e depois reserve. Cuidar para não deixar ele cozinha de mais e ficar muito mole. O ideal é que ele fique tenro ainda

  2. Em um panela coloque as colheres de manteiga, o alho, a cebola, e deixe fritar bem, cuidando para não queimar a cebola e o alho

  3. Adicione o brócolis cozido e frite mais um pouco

  4. Coloque em fogo baixo e adicione o orégano, o queijo, o sal, e misture rapidamente até ficar homogêneo, cuidando para não queimar

  5. Coloque a tampa para refogar por 2 minutos

  6. Por fim, antes de colocar o recheio na massa, misture novamente para manter a homogeneidade do recheio.

Vale lembrar que o recheio aqui é uma mera sugestão, porém pode ser o de sua preferência, como um frango desfiado, carne moída, bacon com brócolis, entre outros.

 

Para fazer a massa:

  1. Misture todos os ingredientes e deixe a massa descansar na geladeira por 10 minutos

  2. Abra ela usando os dedos

  3. Coloque o recheio de sua preferência no meio da massa

  4. Feche e pincele uma gema

  5. Coloque para assar em forno pré aquecido a 180ºC até dourar

  6. No final adicione gergelim sobre o pãozinho para dar o “toque final”

 

Rende 4 porções.

Gostou dessa receita?

Que tal conhecer um pouco mais do nosso Blog.

Já conhece o conceito “Clean Label”?

Mulher olhando prateleira de mercado

“Clean Label” veio para ficar. Como constatado por Lu Ann Williams da Innova Market Insights: “Não é mais uma tendência, são as novas regras do jogo.” em tradução literal.

Mas antes, precisamos verificar, como definir o conceito “Clean Label”?

“Clean Label”, em tradução literal seria “etiqueta limpa” ou algo mais próximo do nosso dia a dia seria “rótulo limpo”. Apesar de ser difícil definir claramente o que é, pois é um conceito que incorporou diferentes tendências e expectativas de diferentes pessoas, gostamos muito da definição abaixo:

 

“É uma iniciativa aplicada por muitos fabricantes de alimentos onde essencialmente significa fabricar um produto usando o menor número possível de ingredientes e garantir que esses ingredientes sejam itens que os consumidores reconheçam e considerem saudáveis – ingredientes que os consumidores possam usar em casa. Procura alimentos com ingredientes fáceis de reconhecer e sem ingredientes artificiais, ou produtos químicos sintéticos, e tornou-se associado à “confiança” dos fabricantes de alimentos.”

 

O outro lado da moeda!

O movimento Clean Label apesar de muito interessante também ajudou a aumentar o ceticismo geral em relação à ciência e à comida, gerando receios de certos consumidores quanto à alguns termos técnicos ou ingredientes diferentes do que seu conhecimento possa identificar nos rótulos de produtos.

 

Quanto a este assunto, podemos falar em “estudar”, pois o medo surge pela falta de conhecimento, vale lembrar que muitos eventos considerados realizações divinas no passado foram comprovados como fatos científicos pela ciência. Portanto para conhecer mais sobre este assunto, recomendamos realmente uma boa dose de estudos, porém para lhe ajudar a iniciar nesta tarefa, trouxemos aqui um resumo de alguns ingredientes que podem ter nomes técnicos “assustadores”:

  • Vitamina A – retinol

  • Vitamina D – calciferol

  • Vitamina E – tocoferol

  • Vitamina C – ácido ascórbico

  • Vitamina B1 – tiamina

  • Vitamina B2 – riboflavina

  • Vitamina B6 – pirodoxina

  • Vitamina B12 – cianocobalamina

 

Então, o que fazer com esta grande variedades de produtos e rótulos nos supermercados?

Infelizmente o trabalho não é fácil, na verdade ele é árduo! Na primeira vez que você for no mercado e se dedicar para isso, vai se decepcionar com muitas marcas famosas que você vê na televisão e na internet.

 

Entretanto, para o bem da nossa sociedade, estamos mais exigentes por alimentos mais transparentes e mais naturais, incorporando isto num estilo de vida, logo, isso fez com que muitas marcas trouxessem em seus produtos o propósito de serem mais transparentes, colocando mais alimento de verdade e menos produtos químicos em seus produtos, portanto nossa dica é, procure identificar as marcas que são mais transparentes, pesquise sua gama de produtos, conheça e pesquise sobre a marca e seus produtos.

 

Por fim, entenda que VOCÊ é o grande responsável pelos fabricantes produzirem e os varejistas venderem produtos ruins ou bons, afinal, todo dono de loja, seja ela pequena ou grande, quer satisfazer seus clientes, possuindo os produtos desejados por eles para que possam assim vender mais, portanto, seja um cliente participativo e cobre dos estabelecimentos que frequenta as marcas e produtos mais Clean Label.

 

Mas e aí, tem alguém fazendo isso mesmo?

Felizmente sim. Em 2015 a Kraft-Heinz reformulou um de seus produtos, o “Macaroni and Cheese”, onde removeram as cores artificiais e colocaram pó de pimentão (Páprica) no lugar. Abaixo, trazemos também um exemplo de um produto nacional que consideramos “Clean Label”, a Paçoca Proteica da Mendofit tem somente 4 ingredientes, destacando a questão da ausência do glúten, lactose e conservantes.

Informações Nutrcionais Paçoca Proteica Mendofit

Você é um produtor de alimentos ou bebidas e quer saber como fazer produtos “Clean Label”?

Sabemos que para a maioria das grandes empresas, engenheiros de alimentos e químicos estão por toda a parte, porém para pequenos produtores e fabricantes artesanais a questão precisar ser mais prática, por isso compartilhamos os quatro passos escolhidos pela Food Manufacturing para fazer produtos Clean Label:

  • Etapa 1 – Reduza a lista de ingredientes

  • Etapa 2 – Substitua os ingredientes artificiais por alternativas naturais

  • Etapa 3 – Faça embalagens simples e claras

  • Etapa 4 – Implemente práticas sustentáveis

 

Concluindo, podemos enfatizar que estes tipos de alimentos são nossa preferência e em nossa visão são os principais para quem busca uma alimentação mais equilibrada, mas não esqueçam de estudar para não “injustiçarem” alguns dos seus produtos prediletos.

 

Gostou deste conteúdo, conheça um pouco mais sobre os rótulos de produtos no post “Você sabe ler rótulos?” ou visite nosso Blog para conhecer mais conteúdos e receitas da Espaço Natural.

 

Referências:

Muffin Proteico

Muffins

Na receita de hoje vamos apresentar um delicioso Muffin Proteico. Hmmm

Ingredientes:

– 100g de farinha de amêndoas ou farinha de aveia

– 2 scoop do whey sabor chocolate de sua preferência

– 1 colher de café de bicarbonato de sódio

– 1 ovo

– 60g de leite de coco ou leite de sua preferência

– Adoçante a gosto

– 30g de óleo de coco

 

Derreta o óleo de coco e misture com o ovo e o leite, adicione o restante dos ingredientes até ficar homogêneo. Coloque em forminhas untadas e asse por aproximadamente 25 minutos a 180ºC.

 

Rende 6 porções.

 

Gostou dessa receita?

Que tal conhecer um pouco mais do nosso Blog.

Você sabe ler rótulos?

Mulher olhando prateleira de mercado

Entenda um pouco mais sobre as informações dos rótulos e como interpretá-las. Os rótulos trazem informações nutricionais do alimento mas é preciso ter atenção, saiba como ler e evitar confusões.

Você sabe ler e interpretar o rótulo dos produtos que consome? O rótulo nos ajuda a fazer uma escolha alimentar mais consciente e saudável, pois traz informações sobre o conteúdo da embalagem.

 

Confira abaixo um exemplo e a explicação das informações:

Rótulo Granola Da Magrinha

Lista de Ingredientes

Informa os ingredientes que compõem o produto, em ordem decrescente. Portanto os primeiros ingredientes estão em maior quantidade e os últimos em menor quantidade.

 

Porção

É a quantidade usada como referência para calcular a informação nutricional. É um dos principais fatores de confusão ao interpretar o rótulo do produto, pois nem sempre o valor da porção é o valor total da embalagem.

 

Valor Energético

Quantidade de calorias fornecidas na porção definida.

 

%VD

É quantidade percentual de cada nutriente usada na porção em relação ao valor máximo recomendado. É um dos principais indicadores do rótulo, pois por ser percentual permite comparar mais facilmente produtos diferentes, facilitando assim a escolha.

 

Dica: Evite consumir alimentos com lista de ingredientes muito longas e com nomes que você não conhece. As principais marcas buscam apresentar claramente seus ingredientes, além disso, marcas que trabalham com linhas voltadas para saúde tem buscado cada vez mais reduzir a quantidade de ingredientes.

 

Por fim, lembramos que devemos sempre dar preferência a alimentos in natura ou minimamente processados para ter uma alimentação mais saudável. Consulte seu nutricionista para lhe auxiliar nas suas escolhas alimentares.

 

Gostou deste conteúdo, conheça um pouco mais do nosso Blog.

 

Referências:

Creme de abóbora com gengibre

Creme de abóbora

Dia friozinho ou buscando algo leve paga comer, esta receita de creme de abóbora é o prato certo!

Ingredientes:

– Meia cebola pequena

– Um dente de alho

– 2 xícaras de abóbora Japonesa

– Um pedaço pequeno de gengibre

 

Refogue a cebola e o alho, adicione a abóbora crua e o gengibre e temperos de sua preferência, cubra com água ou caldo de legumes, quando a abóbora estiver cozida bata no liquidificador, volte o creme para a panela, acerte o sal e cozinhe até chegar na consistência desejada.

 

Gostou dessa receita?

Que tal conhecer um pouco mais do nosso Blog.